Ruralista, eu?

“O Liberal” de hoje deu uma nota sobre a minha surpresa em ser chamado de  ruralista pelo deputado Ivan Valente (PSOL-SP) durante a escolha dos dirigentes da Comissão Especial que vai definir a nova Legislação Ambiental brasileira. Vale a pena esclarecer um pouco mais: não me limitei a ficar  apenas surpreso. Alguns minutos depois, na hora certa e sem exaltações descabidas, fiz a correção: expliquei que não poderia ser classificado de ruralista porque não tenho propriedades rurais. Aliás, com exceção de minha casa em Belém, não tenho outras propriedades.

Também lembrei ao deputado minha carreira acadêmica, com um currículo que inclui eu ser PhD em Geociências e ter ocupado o cargo de reitor da UFPa.

Por fim,  o mais importante: puxei pela memória do meu colega Ivan Valente ao relembrá-lo que fui presidente da Comissão de Meio Ambiente da própria Câmara e ex-secretário de Meio Ambiente do Pará.

Mas surpresa mesmo foi ver a repórter do Estadão (o jornal Estado de Sâo Paulo), que estava sentadinha à minha frente, ter ignorado solenemente todas as informações acima e ter escrito reportagem afirmando que  a Comissão era constituída de ruralistas.

Anúncios

Tags: , ,

5 Respostas to “Ruralista, eu?”

  1. Del Says:

    Professor é incrivel a desinformção dessa turma do sudeste sobre a Amazônia e sua gente, falam em defsa da amazonia sem saber exatamente o que isso, parece camiseta do Che Guevara todo mundo usa sem saber o que siginifica.
    uma comissão como essa tem que repesentar todas as forças que compõe a sociedade brasileira, e por gente da amazõnia com competencia politica e acadeica como o senhor.
    chega dessa turma que vive em gabinetes ou tem suas campanhas finaciadas pelas ONGS internacionais definirem como o caboclo da amazônia deve viver.
    pergunte ao nobre Deputado do PSOL e a essa reporte se eles sabem o que é um matapi, um algidar, se ja viram uma mucura, um mapará, que tipo de arvore e o açai, a pupunha.. eles nao vao nem saber do que o senhor vai estar falando….
    Que Brasil é esse onde quem nao conhece defin como devemos viver?
    ou pelo menos tentam….

    • nilsonpinto Says:

      Olá Del, realmente é imenso o desconhecimento sobre a Amazônia. E isso apenas aumenta a nossa responsabilidade com a região, com a nossa gente, com a valorização e manutenção de nossa cultura tão rica. Grande abraço.

  2. camilogistica Says:

    É como disse Platão:

    “A verdade deve ser procurada em algo superior.”

    O fato é que tanto o Deputado do PSOL quanto a ilustrissima jornalista do Estadão além de não souberam procura-la.

    Grande abraço.

  3. camilogistica Says:

    É como disse Platão:

    “A verdade deve ser procurada em algo superior.”

    O fato é que tanto o Deputado do PSOL quanto a ilustrissima jornalista do Estadão não souberam procura-la.

    Grande abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: