Para rir e para chorar

Diante da coletânea de frases que acabo de ler na coluna de Augusto Nunes, da Veja, fica-me uma dúvida algo hamletiana: rir ou não rir (nesse caso chorar de desgosto também é opção consideradíssima). Muito sabiamente, o Nunes deu o nome de sanatório geral ao ambiente que abriga tantas pérolas.

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: