Audiência pública em Mato Grosso

Hoje, às 8 da manhã, eu e três deputados da Comissão do Código Florestal  chegamos para audiência pública em Cuiabá (MT). Mais de 500 pessoas – entre elas o governador Blairo Maggi – participaram maciçamente: debateram idéias, apresentaram propostas, enumeraram dificuldades. Uma impressionante organização da população local e um debate  muito produtivo.

Duas coisas me chamaram a atenção. A primeira é o clamor popular por mudanças no atual Código Florestal. 

A segunda coisa que me atraiu a atenção é algo trágico: a Amazônia, que sempre foi razão de orgulho para todos os brasileiros, hoje tornou-se um peso para os matogrossenses. Ninguém que ser amazônida por aqui. Dezenas de depoimentos informaram a nós, deputados, que a atual legislação ambiental os deixa aterrorizados em fazer parte da Amazônia Legal. “Pertencer à região amazônica significa problema certo e trabalho sob muito mais restrições. Sem falar que a maior parte de nosso território é cerrado”, disse um dos debatedores.

Concluí que a confusa legislação ambiental brasileira é a razão desse ônus. Daí a necessidade de regras claras, que tornem possível a produção sustentável, beneficiando o homem e a natureza de forma igualitária.

Anúncios

Tags: ,

2 Respostas to “Audiência pública em Mato Grosso”

  1. Jubal Says:

    Caro deputado,
    também me assusta ouvir sobre o cerrado. Acho que ainda não estão dando a importãncia necessária a este bioma.
    Acredito que o debatedor não tem noção da importância do cerrado na biodiversidade brasileira. O uso desorganizado do cerrado tem causado problemas maiores que à Amazônia. Basta lembra que é do cerrado que a maior pate dos rios nasce. E água é vida.
    Não preciso dizer isso a V. Exa. que pela trajetória acadêmica entende melhor que ninguém a problemática.

    • nilsonpinto Says:

      Sem dúvida é necessário reconhecer a importância do cerrado. Considero importantíssimas essas reuniões, a fim de que a Comissão tenha idéias muito claras sobre a realidade sobre a qual vamos legislar. Muito obrigado pela sua participação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: