Plebiscitos de Carajás e Tapajós na pauta da Câmara

Informação de utilidade pública e de interesse de todos os paraenses: o Plenário da Câmara pode votar nesta semana os pedidos de urgência  para os plebiscitos sobre a criação dos estados de Tapajós (PDC 731/00) e de Carajás (PDC 2300/09). Atenção, é apenas o pedido de urgência. Se forem aprovados, evidentemente os projetos que autorizam o plebiscito serão considerados urgentes e poderão ser votados rapidamente. Atenção de novo: o projeto não prevê a divisão do Estado, somente autoriza a consulta à população paraense.

Outro destaque da semana será a transformação do Plenário em  comissão geral, amanhã, às 10 horas, para debater a reabertura dos bingos no Brasil. Estão convidados representantes dos ministérios da Fazenda e da Justiça, da Receita Federal e do Conselho de Controle de Atividades Financeiras, além de presidentes de associações de bingos.

Estão marcadas duas sessões extraordinárias para as votações: na terça-feira (30), às 13h30, e na quarta-feira (31), às 9 horas.

Anúncios

Tags: , , ,

4 Respostas to “Plebiscitos de Carajás e Tapajós na pauta da Câmara”

  1. Carlos Macapuna Says:

    É claro que como paraense e que ama o estado, sou contra a divisão. E acredito que as solução para melhorar estão nas (boas) políticas públicas e não no desmembramento. Mas concordo que a população deve sim ser consultada. Vou torcer para que o povo não seja influenciado por políticos que só almejam seu próprio benefício com isso.

    Abraços.

    Att, Carlos Macapuna

  2. Sandra Souza de Aguiar Says:

    Deputado, foi novidade para mim saber que é somente o plebiscito. Do jeito que falavam aqui em Belém, parecia que o estado seria dividido amanhã de manhã. Eu sou contra a divisão, mas acho que nós paraenses podemos dizer isso diretamente para esses oportuinistas que chegaram na nossa terra e querem dividi-la somente para se beneficiarem. Tanto os que vieram para trabalhar como esses politicos que querem fazer carreira como governadores dos novos estados. abram o olho paraenses

  3. José Sarney Says:

    Esses plebiscitos são muito importantes para a Amazônia. Eu, como detentor de duas capitanias – a do Maranhão e a do Amapá -, gostaria de poder ajudar no desenvolvimento do futuro Estado dos Carajás. As riquezas daquela região me fazem brilhar os olhos. Considero que, se o povo carajá e tapajônico deseja sua libertação imediata do jugo paraense, busque assessoria do nobre colega Siqueira Campos, um oportunista no bem dizer da palavra. Arrancou de Goiás o Estado do Tocantins e fez história no Brasil. Rendo-lhe homenagens e gostaria que o Estado de sua criação um dia se torne Siqueira Campos State. De minha parte, pretendo requisitar futuramente a alteração dos nomes de Maranhão e Amapá para Sarney I e Sarney II.

  4. Altimá Alves Says:

    Não nasci no Pará, mas escolhi essa terra para nela viver e a amo muito, pessoalmente sou contra a divisão do Estado do Pará, pelo simples fato que a divisão nos torna a todos mais pobres e as unicas coisa que irão crescer será as desigualdades regionais, a pobreza e o patrimonio pessoal de alguns oportunistas.
    Mas como cidadão no posso e nao tenho como ser contra o plebiscito, por duas razões obvias para um democrata, primeiro porque e uma forma democrática do maior interresado nesse assunto, que o povo do Pará, se manifestar de forma clara e inequivoca, segundo por que a resposta que será dada, terá um efeito devastador nos sonhos dos oportunistas de lado a lado e no final nos restará um grande bem:
    – UM PARÁ FORTE E UNIDO QUE A TODOS ACOLHE E A TODOS RECEBE, A TERRA DAS OPORTUNIDADES!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: