E a saúde?

É lamentável assistir aos seguidos adiamentos da votação da “Emenda 29” – que determina um percentual mínimo de investimentos em Saúde para União, Estados e Municípios. A proposta que pretende obrigar o Governo Federal a destinar 10% do orçamento para a saúde (o que corresponde a um aumento escalonado de R$ 23 bilhões até 2011), aguarda votação.

Curiosamente, durante a Marcha dos Prefeitos em Brasília, há duas semanas, o presidente Lula mandou os prefeitos perguntarem ao presidente da Câmara, Michel Temer, por que os deputados não queriam votar a emenda. E foi além. Disse que o adiamento era uma “vergonha”. E é bom lembrar: todos os pré-candidatos à Presidência da República também defendem a aprovação da emenda.

A pergunta que não quer calar é: “Por que não votamos?” Só o governo federal e  o presidente da Câmara podem responder porque a matéria não entra na pauta de votação da Casa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: