Desagravo a Monteiro Lobato

É uma agressão à cultura e particularmente à literatura brasileira o parecer Conselho Nacional de Educação (do MEC) que recomendou censura à obra “Caçadas de Pedrinho”, de Monteiro Lobato. É no mínimo um enorme desconhecimento da obra do grande autor brasileiro, de seu formidável pensamento e de seu trabalho monumental. Também é uma agressão injustificada à memória de Lobato.

E vir do MEC tal proposta é o mais bizarro. Por isso concordo integralmente com o presidente da OAB, o paraense Ophir Cavalcante, quando afirma que o MEC “precisa rever essa decisão e deve desculpas ao país”.

Ophir disse estar indignado devido ao conteúdo da obra ter sido considerado preconceituoso e racista. “Nós, que nos sentimos filhos literários do autor do Sítio do Pica-pau Amarelo, cuja sensibilidade indicou que um país se faz com homens e livros, não podemos aceitar tamanho absurdo. É um duplo insulto: à cultura nacional e à memória de um grande brasileiro”, disse.

Faço minhas todas as palavras da nota da ABL.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: