O Pará e a guerra do ICMS

Na quinta-feira, a Comissão de Assuntos Econômicos  (CAE) do Senado reuniu-se para debater a polêmica reforma do ICMS (leia aqui e saiba mais sobre o assunto). O governador Simão Jatene – acompanhado de vários secretários, prefeitos e empresários paraenses – também esteve em Brasília para tratar da matéria.

Uma das medidas para tentar reverter a expressiva perda do Pará foi negociar com o senador Walter Pinheiro, relator da Medida Provisória 599, a possibilidade de incluir os municípios de Barcarena e Santarém como Áreas de Livre Comércio, a fim de incluir o Pará entre os Estados nortistas beneficiados. O relator se mostrou favorável, mas a MP não foi votada ontem. Assim, aguardaremos a próxima semana.

Mas a ideia geral da bancada paraense e do governo do Pará é levar esse assunto a ser rediscutido. Além de elaborarmos juntos a minuta de um texto que será levado à presidente Dilma Roussef e ao senador Renan Calheiros, todos estamos firmes no propósito de que não aceitaremos discriminações dentro da própria Região Norte.

É preciso caminhar no sentido de obter a equidade fiscal. O Pará não pode ser o único Estado nortista a perder com essa reforma. Queremos tratamento igualitário!

Anúncios

Tags: ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: