Medicina I

medicosTodas as iniciativas anunciadas pela presidente Dilma como resposta às manifestações populares se revelaram carregadas de voluntarismo e carentes de senso prático.

As ideias parecem ter sido gestadas sem pensar nas suas implicações, consequências e prazos. Por isso, quando apresentadas à sociedade, tiveram de ser revistas ou simplesmente abandonadas.

Foi assim com a constituinte exclusiva e com o plebiscito da reforma política. O pacote voltado para “resolver” o problema da falta de médicos no país, ao que parece, terá o mesmo destino.

Ora, qualquer profissional formado no exterior deve ter seu diploma revalidado, para poder atuar no Brasil. Lamentavelmente, apenas a primeira chamada da Medida Provisória (MP) editada pelo governo tem essa característica. A partir da segunda chamada, poderão ser contratados médicos cujo diploma não foi revalidado (leia aqui a íntegra da MP).

Há muitos médicos estrangeiros, além de brasileiros formados no exterior, que querem trabalhar no nosso país. Mas esse querer deve estar submetido às leis do País, que determinam a revalidação do diploma via um exame chamado

Revalida e que é feito anualmente pelo governo brasileiro.

Não se pode querer multiplicar o número de médicos abolindo a exigência de revalidação. É um tiro no pé. Com isso, o governo não só derruba uma regra que ele mesmo criou, como também põe em risco a saúde da população.
Sim, pois quem pode garantir a qualidade do trabalho de médicos que não conseguem ser aprovados em um exame de revalidação?

Em segundo lugar, justificar a medida alegando que esses médicos atenderão à população de lugares distantes e carentes, das regiões Nordeste e Norte (nosso Pará incluído), significa nos tratar como cidadãos de terceira classe.

Respeito é bom e nós gostamos!

O problema não se resume a ter médicos, mas a ter médicos e condições de trabalho, aparato e equipamentos para atender à população. O Brasil tem um Ministério da Saúde para tratar disso. E não é possível que a mais “brilhante” iniciativa que esse Ministério propõe seja a importação de uma falsa solução.

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: