TSE e Serasa

carmen-lucia-carlos-humbert

Ministra Carmen Lúcia, presidente do TSE

Pegou muito mal o acordo feito pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para fornecer à Serasa dados pessoais dos eleitores brasileiros em troca de alguns favores que a empresa faria ao Tribunal.

Na prática, o TSE vendeu nossos dados à Serasa, uma empresa privada que usa com fins lucrativos os dados que coleta.

Felizmente, parece, o TSE vendeu, mas não entregou.

Agora, tudo o que se pede é que a presidente do tribunal, ministra Carmen Lúcia, suspenda o tal contrato que, ao que parece, não foi assinado com o conhecimento dela, e sim pelo diretor-geral do TSE.

Quando se preenche cadastros em sites de empresas na Internet, é comum sermos informados que os dados não serão usados para outra destinação. E isso é uma prática comum, assumida por empresas comerciais. Duro é ver um tribunal – e ainda por cima um tribunal superior – fazendo uma barbeiragem dessas.

Corrija-se já!

 

Anúncios

Tags: ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: